Posts by Rafael Reinehr


Ayurveda é um sistema milenar de saúde surgido na Índia entre 5 a 7 mil anos atrás, sendo talvez o mais antigo que se tenha conhecimento na humanidade. Em sânscrito, “Ayur” significa “Vida” e “Veda” significa “Ciência”.

Diferente do paradigma ocidental, em que majoritariamente o foco é na doença (quer seja no tratamento ou na prevenção), na ayurveda o foco primário é sempre o indivíduo e suas relações com as Emoções, seu Estilo de Vida, sua Alimentação e o Ambiente.

A medicina ayurvedica é considerada como a base a partir da qual surgiram posteriormente a medicina tradicional chinesa, árabe, romana e grega. Historicamente, parece ter havido um intercâmbio entre a medicina ayurvedica e a medicina tradicional japonesa, o que explica alguns tratamentos compartilhados entre ambos sistemas.

Os textos principais da Ayurveda são somente três: o Charaka Samhita (compêndio de clínica médica ou medicina interna), o Sushruta Samhita (compêndio de cirurgia ayurvedica) e o Ashtanga Hridaya (coração dos 8 ramos do Ayurveda de Vagbhata).

Segundo texto da ABRA (Associação Brasileira de Ayurveda):

O Ayurveda acredita que tudo no universo é composto pelos 5 Elementos ou Pancha-ma habhutas, inclusive nosso corpo físico, são eles: Espaço ou éter ( Akasha), Ar ( Vayu), Fogo ( Agni), Água ( Jala ou Ap) e Terra ( Prithvi). Estes 5 Elementos se expressam na nossa fisiologia através dos 3 Doshas ( humores): Espaço e Ar formam Vata, Fogo e Agua geram Pitta e Água e Terra constroem Kapha. As qualidades dos 3 Doshas relacionam-se com as características destes Elementos.

  • Vata ( Espaço e Ar) é seco, leve, sutil, móvel, claro e áspero.
  • Pitta ( Fogo e Água) é quente, agudo, liquido, oleoso, azedo, picante e fluido.
  • Kapha ( Agua e Terra) é pesado, lento, suave, claro, grosso, macio, oleoso, estável e viscoso.

Segundo o Susruta Samhita a saúde é definida da seguinte forma: “Quando os Doshas (humores), Dhatus ( tecidos), Agni ( digestão e metabolismo) e a eliminação de Malas ( excreções) estão em sua função normal e isto está associado a clareza dos sentidos, mente e alma”. Nesta filosofia a pessoa pode não ter uma doença propriamente dita mas também não estar saudável pois a saúde depende de uma integração corpo-mente-espirito.

O Ayurveda possui 2 objetivos principais: preservar e promover a saúde das pessoas saudá-veis e curar as doenças dos pacientes. Neste sentido há 2 principais tipos de tratamento ( chi-kitsa):
Terapia de promoção da saúde ( Urjaskara Chikitsa): é a abordagem terapêutica que promove saúde, força, vigor e vitalidade nas pessoas saudáveis. Nesta especialidade são utilizados 2 principais ramos do Ayuveda:  Rasayana ( rejuvenescimento) que beneficia a saúde física, mental, emocional e social e Vajikarana ( afrodisíacos) que promove a vitalidade e aumento da libido em pessoas com bom estado de saúde.

Alimentação equilibrada

A gente é o que a gente come, não é mesmo? Cada alimento tem o poder de mexer com os elementos que nos formam. Então, na hora de re-harmonizar o corpo e a mente, ter uma alimentação equilibrada para as suas necessidades é essencial. Por isso, a preocupação com a alimentação é uma das bases para todos os tratamentos Ayurvédicos.

Segundo Luciana Leon Rosa, psicóloga, terapeuta Ayurvédica e especialista do Zenklub:

“Faz parte de qualquer tratamento Ayurvédico a inclusão de uma boa alimentação. Afinal, não tem como alcançar um estado emocional saudável sem levar em consideração o que comemos. Isso é muito claro para o conceito Ayurvédico.”

Ela também destaca que o terapeuta Ayuvérdico não fornece dietas e não faz o trabalho de um nutricionista. Sua atuação é toda com base nos saberes milenares.

Massagens Ayurvédicas

Pensa numa massagem completa, com óleos, pedras e muito relaxante – de acordo com a sua necessidade. As Massagens Ayurvédicas ajudam na circulação sanguínea e das energias, trazendo bem-estar e podendo, até, aumentar a sua flexibilidade. Uma das massagens mais conhecidas é a Abhyanga, que foca principalmente na região do coração e do abdômen.

Shirodhara

Essa é uma terapia linda e muito intensa! Por mais ou menos 40 minutos, é derramado um fluxo constante de um óleo aquecido na testa. É um processo profundo, revitalizador e que pode levar a experiências transcendentais.

Terapias purificadoras (Panchakarma)

Lembra que o Ayurveda tem como grande foco eliminar toxinas? Então, para isso existe o Panchakarma, que é uma terapia purificadora. Além de purificarem a sua alma, essas terapias podem ter uso prático também para limpezas de intestinos e vias respiratórias.

Yoga

A yoga é frequentemente recomendada por especialistas por fazer parte de uma rotina saudável. Com a yoga, você aprende a respirar melhor, exercita várias partes do corpo e ainda encontra tempo para meditar.

Fitoterapia

O saber milenar das plantas medicinais sempre acompanhou o Ayurveda. A natureza tem muito a nos oferecer, com raízes, folhas, caules, flores e sementes que podem ser usados para diferentes finalidades de tratamento.

Outras terapias como aromaterapia e cromoterapia, bem como meditação, técnicas de respiração e mudanças gerais de hábitos também costumam ser recomendadas. E óleos medicinais, pedras e outros minerais muitas vezes fazem parte dos tratamentos.

 

Ayurveda é a Ciência: 

  • dos 5 Elementos
  • dos 3 Doshas
  • dos Opostos
  • dos 6 Sabores

 

salgado – pitta (água + fogo)

doce – kapha (água + terra)

ácido – terra + fogo

picante – fogo + ar

adstringente – ar + terra

amargo – vata (ar + éter)

Terminamos com a famosa frase do texto clássico Charaka Samhita:

“Para o ignorante o mundo inteiro é seu inimigo porem para o sábio o mundo inteiro é seu professor”

Referências:

1. https://zenklub.com.br/ayurveda/
2. https://ayurveda.org.br/a-abra/o-que-e-ayurveda/
3. https://pt.wikipedia.org/wiki/Ayurveda

Read More